quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Textual description of firstImageUrl

Voto Impresso Corre Perigo.


Voto impresso corre perigo: Raquel Dodge, Procuradora Geral da República, entra com ação no STF para barrar impressoras em urnas eletrônica. 






O Voto impresso corre perigo. Uma das poucas unanimidades no meio do povo, em meio ao cidadão comum, é a questão do voto impresso, a maioria esmagadora da população apoia o voto impresso nas eleições deste ano.

Mas o que parece, é que já estão tentando derrubar algo, que ainda nem saiu do papel praticamente, e você me pergunta, foi algum politico de esquerda que pediu para isso não ir para frente?



A resposta é... Não; Raquel Dodge, Procuradora Geral da República disse que o voto impresso " desrespeita frontalmente o sigilo do voto."

Raquel Dodge disse: "A norma não explicita quais dados estarão contidos na versão impressa do voto, o que abre demasiadas perspectivas de risco quanto à identificação 
pessoal do eleitor, com prejuízo à inviolabilidade do voto secreto. O problema torna-se mais grave caso ocorra algum tipo de falha na impressão ou travamento do papel na urna eletrônica".

"Tais situações demandarão intervenção humana para a sua solução, com a iniludível exposição dos votos já registrados e daquele emanado pelo cidadão que se encontra na cabine de votação. Há ainda que se considerar a situação das pessoas com deficiência 
visual e as analfabetas, que não terão condições de conferir o voto impresso sem o auxílio de terceiros, o que, mais uma vez, importará quebra do sigilo de voto", prossegui a Procuradora.

Raquel Dodge disse mais: "As inúmeras intercorrências possíveis com a reintrodução do voto impresso e a consequente quebra do sigilo constitucional do voto colocam em risco a confiabilidade do sistema eleitoral e a segurança jurídica. A implementação da mudança potencializará falhas, causará transtornos ao eleitorado, aumentará a possibilidade de fraudes, prejudicará a celeridade do processo eleitoral. Elevará, ainda, as urnas em que a votação terá que ser exclusivamente manual".

"Conclui-se que a obrigatoriedade do voto impresso não servirá ao propósito de conferir a higidez do processo de votação eletrônica e, ainda, causará entraves e embaraços ao sistema de apuração". Finalizou a Procuradora Geral.

Como todos sabem, o voto impresso, é de autoria do deputado federal, Jair Bolsonaro, há quem diga, que isso tudo não passa apenas de uma retalhação contra o parlamentar, pois o mesmo é odiado pela esquerda brasileira.

E vocês o que acham sobre essa polemica, deixe seus comentários abaixo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba Nossas Matérias Por E-MAIL!

Informe o seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Curta Nossa Pagina no Facebook